16 Dezembro 2018

QUANDO UM HERÓI MORRE

Dar de si a salvar os outros, foi a missão de vida que um piloto, um co-piloto, um médico e uma enfermeira escolheram.

Horas e horas gastas, sempre com a morte por perto, arriscando a vida...

A Daniela era Bombeira no corpo de Bombeiros Voluntários de Baltar (Paredes) e juntava-se às largas dezenas de milhar de soldados da paz, espalhados um pouco por todo PORTUGAL. Uma vez bombeiro, sempre bombeiro!

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários do Dafundo, associa-se a todas as entidades que neste momento choram estas perdas irreparáveis.

Mas... não só ao INEM, não só necessariamente ao Centro Hospital de Santa Maria da Feira ou ao Corpo de Bombeiros de Baltar.

Também às famílias, aos amigos e a todas as pessoas que um dia foram transportadas ou salvas por estes heróis.

Não os esqueceremos.

_

Armando Cardoso Soares

Presidente AHBV Dafundo