Missão



  • a)

    Deter e manter em actividade um corpo de bombeiros voluntários, com a estrita observância no disposto no Regime Jurídico dos Corpos de Bombeiros;

  • b)

    Exercer os direitos e as funções que lhe são atribuídas por lei;

  • c)

    Manter e fomentar o relacionamento institucional com todos os agentes de protecção civil;

  • d)

    Manter e fomentar o relacionamento institucional com as organizações representativas das Associações Humanitárias de Bombeiros, quer a nível Distrital quer a nível nacional ou internacional.

  • e)

    Manter e fomentar o relacionamento com os demais organismos nacionais, regionais e locais, em especial com os organismos tutelares da protecção civil e bombeiros.

  • f)

    Estabelecer protocolos, acordos com outras entidades, públicas ou privadas, nacionais ou estrangeiras;

  • g)

    Pronunciar-se sobre todas as questões que versem sobre o sector da protecção civil e bombeiros, assim como sobre todas as matérias que lhe sejam submetidas para apreciação pelas entidades competentes;

  • h)

    Fomentar a realização de encontros, conferências, concursos e outras acções tendentes a dignificar, valorizar e divulgar a Associação, bem como incentivar a promoção à formação, treino e intervenção dos bombeiros;

  • i)

    Promover a organização de iniciativas baseadas no princípio da cooperação, tendo em vista a autonomia financeira da Associação;

  • j)

    Decidir os conflitos que sejam submetidos ao Conselho Disciplinar;

  • k)

    Fomentar o espírito do associativismo e do voluntariado junto da população e das entidades públicas e privadas;

  • l)

    Promover a imagem dos bombeiros junto dos meios de comunicação social; n) Cumprir e fazer cumprir a lei e os regulamentos em vigor, no âmbito das suas competências.